Quem somos!

Neste ano letivo 2015-2016 depois de uma mudança de escola e de agrupamento, aqui estou de novo...

Pensei iniciar um novo blog, mas depois de refletir conclui que continuo a ser educadora e que em cada ano que passa os meninos e meninas vão passando, deixando marcas mas eu continuo apaixonada por esta profissão e acima de tudo continuo a ser eu mesma ...

Por isso este blog vai continuar.

Agora numa nova realidade:

EB António Santos Jorge, Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos.

Somos, como sempre, meninos e meninas interessados, curiosos e prontos para a brincadeira...

Pois é a BRINCAR que CRESCEMOS!

Se nos quiserem enviar um email podem faze-lo para:

jisantosjorge@gmail.com

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Princesa, a nossa tartaruga...

Já há algum tempo que andávamos a pensar num bicho de estimação para a nossa sala. Depois de várias conversas resolvemos arranjar uma tartaruga...

Não é um animal que tenha muita interação com as pessoas mas é simpático, deixa que lhe mexam requer cuidados e dá-nos o sentido de responsabilidade.

Foi assim que na segunda feira a Princesa chegou à nossa sala.

Princesa foi o nome que lhe demos, depois de andarmos à volta com alguns outros nomes chegamos à conclusão (por votação da maioria) que este nome era o que melhor lhe assentava.

Tratamos de arranjar a sua nova casa, vimos e cheiramos o seu comer, conversamos sobre os cuidados a ter com ela, pegamos nela (alguns meninos tiveram um bocadinho de receio mas quase todos pegaram nela) e por fim, claro, registamos o acontecimento num desenho.






No dia seguinte alguns meninos quiseram fazer uma pesquisa na internet sobre as tartarugas, copiamos algumas imagens e procuramos informação, está assim a surgir um pequeno projeto sobre as tartarugas.

Ao tentar descobrir coisas sobre tartarugas, descobrimos também desenhos para pintar e também quase todos quisemos escolher, imprimir o desenho que mais gostamos para depois pintar a maioria escolheu pintar com lápis de cera ou com aguarelas.

Partindo ainda de uma frase que escrevemos no quadro:

"A NOSSA TARTARUGA CHAMA-SE PRINCESA"

Trabalhamos a frase - o que é uma frase... como é composta uma frase... quantas palavras tem esta frase...
partindo da frase chegamos à pergunta que a originou... procuramos palavras iguais nas duas frases... aprendemos que as frases acabam sempre com um sinal de pontuação... procuramos as vogais que já conhecemos... - tudo isto em grande grupo.

De manhã dois colegas tinham escrito esta frase no computador. Fizemos cópias e depois individualmente tivemos de recortar as palavras da frase e voltar a construí-la. Para alguns meninos foi necessário alguma ajuda e, sabem, os mais novos querem sempre fazer o trabalho dos crescidos e então, com ajuda lá vão conseguindo fazer, por vezes aconteceu que houve algumas trocas de palavras quando foram colar mas, nada muito grave.

Aqui ficam alguns registos:







Kiko, o dentinho de leite - encontro com uma escritora

"Kiko, o dentinho de leite" de Manuela Mota Ribeiro foi o livro  e a escritora selecionada para fazer a apresentação  na nossa escola.

Os encontros com os autores ajudam a perceber que os livros não aparecem tipo assim do nada, nas prateleiras das bibliotecas, das livrarias e dos centros comerciais.

Para existir uma história alguém teve de pensar nela, nos personagens, nos locais, nas situações.... e acima de tudo alguém teve de escrever a história para que todos nós as possamos ler.

A apresentação da escritora Manuela Mota Ribeiro, valeu mesmo a pena... para além da história ser muito engraçada e ser também muito educativa, a autora era muito comunicativa e estabeleceu uma otima relação com as crianças. Todos estávamos, adultos e crianças, muito atentos e interessados a  ouvir as suas palavras...

video

video


video

video


video

Por fim ainda ouvimos a canção da história, pois o livro tem um CD e, tivemos a sessão de autógrafos.


Encontro com a escritora - sessão de autografos on PhotoPeach

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

O aniversário do Gonçalo

Segunda feira dia 25 mais um dos nossos meninos fez 6 anos...

Os Manos Tiago e Diogo, mais a mamã Carla foram à sala, levaram um bolo - o Gonçalo escolheu a águia do Benfica e o bolo dizia "VIVA o BENFICA" - sabem o Gonçalo era do PORTO mas como quase todos os amiguinhos da sala são do Benfica ele agora mudou de clube, coisas que acontecem... ;-)))

Estavam todos muito felizes e mais ainda o Gonçalo.


E por fim todo importante lá foi ele mudar o seu cartão de carruagem... é que agora ele faz parte dos meninos de 6 anos.



PARABÉNS Gonçalo!!!

Os nossos nomes, letras, vogais

Depois da interrupção do Carnaval começamos a pensar à volta dos nossos nomes. O que utilizamos para escrever os nomes?

LETRAS... e que letras conhecemos?

Muitas... a, e, c, t... (cada um foi dizendo algumas, principalmente aquelas que pertencem ao seu nome)



Fomos então às revistas procurar as letras dos nossos nomes, recortar e colar...


E para que servem as LETRAS?


E que tipo de letras existem? As vogais e as consoantes. E as vogais são o A, E, I, O, U...

Fomos então procurar no nosso nome estas letras - as vogais...




E como agora já as conhecemos tão bem resolvemos ir procurar de nomes de coisa que começam com estas letras e não é que todos nós (mesmo os mais pequeninos) conseguiram encontrar nomes de coisas começadas por A, E, I, O, U... (claro que houve alguma ajuda visual, sabem é que existem alguns cartazes com as letras e com uns desenhos).




Esparguete dançarino - experiência

Dando continuidade ao projeto "Cientistas de palmo e meio" e como nós gostamos muito de experiências esta semana fizemos a experiência do "Esparguete dançarino".

Verificamos o material que precisávamos e olhando para ele várias questões se puseram:

- O que vamos fazer com esparguete?
- Será que  esparguete vai flutuar ou vai ao fundo?
- Este frasco é a cor que o meu pai põe nas pipocas... assim a água vai ficar de cor...
- Vamos soprar com as palhinhas?
- E este pó branco é o quê? - sal... açúcar... farinha...
- Isso que está nesse copo é vinagre... blhac cheira tão mal... Vamos comer salada?

Fomos seguindo os passos da experiência e fomos registando aquilo que íamos fazendo e observando...

No final a surpresa foi grande... não é que o esparguete que tinha ido ao fundo, depois de juntar o pó branco (bicarbonato de sódio, um nome difícil de dizer mas que alguns tentaram dizer bem e decorar), na água com o vinagre fez muitas bolhinhas e ele começou a "dançar"?!

Porquê? porque houve uma reação química que fez aparecer as bolhinhas de ar (dióxido de carbono) que se colaram ao esparguete fazendo com que este ficasse mais leve e flutuasse, depois quando as bolhinhas rebentam o esparguete volta ao fundo e, parece que está a dançar...

Esparguete dançarino on PhotoPeach

História "O sapo apaixonado"

Ainda sobre o dia dos afetos, numa quinta feira quando fomos à biblioteca a educadora Ida contou.nos a história "O sapo apaixonado"... Como nós gostamos muito da história resolvemos elaborar um painel que demonstra um tipo de situação de continuação da história....

É que o sapo casou com a pata e tiveram muitos filhotes uns eram sapinhos outros eram patinhos.



Para este trabalho utilizamos a dobragem (origami que vimos no Youtube) do sapo, colagem de alguns materiais e desenho a caneta de feltro e lápis de cera.

Nova área, novo jogo, brincadeiras antigas...

Depois de começarmos a fazer as nossas experiências e como todos nós gostamos de explorar, questionar, observar e dar uma opinião... surgiu uma nova área de trabalho na nossa sala "Área das ciências".

Aqui podemos voltar a fazer as experiências que aprendemos, podemos observar coleções de pedras, conchas, plantas que vamos apanhando no recreio, pequenos animais, fazer desenhos e escavações na pequena caixas de areia, observar o nosso planeta, visualizar ilustrações de animais e plantas e ver livros tipo enciclopédias...

Temos algum material à nossa disposição e temos regras: só podem ir 2 meninos de cada vez, temos de ter cuidado com os materiais, embora nada seja perigoso para a nossa saúde não podemos pôr nada na boca, respeitar os animais, as plantas, as imagens e os livros, respeitar as experiências. Claro que temos também de fazer o registo do que fizemos e quando queremos devemos comunicar aos colegas as nossas observações e conclusões.

Já encontramos um grilo, a que demos o nome de "gri-gri", cada dia um dos meninos leva o Gri-gri para casa e dá-lhe de comer...

Temos também um novo jogo na sala. Um jogo de formas que nos faz pensar pois temos de colocar as formas em certas posições para conseguir fazer os desenhos, assim desenvolvemos vários conceitos matemáticos como por exemplo forma, espaço, geometria...


E por fim com uma brincadeira antiga, o jogo dos tubos, alguns meninos fizeram uma construção nova... uma moldura em que que os personagens da pintura eram eles e quando se mexiam o quadro mudava... eheheh

Estes meninos têm uma imaginação...




quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O casamento...

Tudo começou quando hoje de manhã, a Clara chegou com um coração de chocolate para oferecer ao seu amigo especial o Tiago F...

Palavra puxa palavra, conversa puxa conversa, acabamos a falar em casamento....

E porque não celebrarmos um casamento na nossa sala?

Bem dito bem feito... procuramos na casinha alguns acessórios criamos outros, definimos papeis, escolhemos o padre, os padrinhos e as madrinhas e os primos.... e a boda já estava preparada com as nossas obras de arte e as pipocas...

video

Arte temporária - com comestiveis

Hoje num dia tão especial a Cristina tinha uma surpresa para nós....

Uma máquina de fazer pipocas... :-)))


video

Ao mesmo tempo trouxe também algumas guloseimas  gomas, smarties, e confetis de chocolate e coloridos, manteiga e bolachas... com este material e ,depois de lavar muito bem as nossas mãos, tínhamos de construir um trabalho num prato, que íamos comer ao lanche...

Foi muito divertido fazer estas obras de arte "temporária" (porque não permanece durante muito tempo) e comestível.


video


E por fim aqui ficam registadas as obras de arte...

















Não ficaram fantásticas?

Dia dos afetos - Dia do abraço

Pois é hoje comemora-se o dia dos namorados - 14 de fevereiro de 2013.

No nosso agrupamento festejamos o dia dos Afetos como o Dia dos abraços.

Eram 10h e 5 minutos, quando toda a escola se juntou no átrio principal para uma sessão de abraços como forma de fomentar e partilhar afetos.

Tínhamos também um mural onde colocamos uma frase:

"Há abraços de amizade, dou abraços quando ajudo um amigo e depois sinto-me aconchegadinho..."







E na nossa biblioteca está patente uma exposição de trabalhos elaborados pelos alunos de toda a escola alusiva a este tema. 

Este é o nosso trabalho!