Quem somos!

Neste ano letivo 2015-2016 depois de uma mudança de escola e de agrupamento, aqui estou de novo...

Pensei iniciar um novo blog, mas depois de refletir conclui que continuo a ser educadora e que em cada ano que passa os meninos e meninas vão passando, deixando marcas mas eu continuo apaixonada por esta profissão e acima de tudo continuo a ser eu mesma ...

Por isso este blog vai continuar.

Agora numa nova realidade:

EB António Santos Jorge, Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos.

Somos, como sempre, meninos e meninas interessados, curiosos e prontos para a brincadeira...

Pois é a BRINCAR que CRESCEMOS!

Se nos quiserem enviar um email podem faze-lo para:

jisantosjorge@gmail.com

domingo, 31 de outubro de 2010

Salame de Chocolate

Estávamos a preparar o lanche para o festejar o "Dia das Bruxas".
A mãe da Carolina fez a proposta de pedir ao seu marido (pai da Carolina), que até é pasteleiro de ir ensinar os meninos da sala a fazer o Salame da Chocolate sem ovos, uma vez que a Carolina é alérgica a este alimento.
Assim depois de combinar o Carlos veio à nossa sala na sexta feira de manhã ensinar-nos a fazer o salame, claro está que trouxe todos os ingredientes, vestiu o avental e mãos à obra.


Estava delicioso!!!


Aqui vai a receita:
  • 1 pacote de cacau (200g)
  • 200g de açúcar
  • 200g de manteiga derretida
  • 1 pacote de bolacha Maria
  • 3 colheres de leite (ou 3 ovos, para quem não for alérgico)

Bom proveito e divirtam-se! Podem sempre pedir ajuda ao pai ou à mãe!!!

Alimentação - sugestão

Gostaria de deixar aqui uma sugestão às familias. Por vezes o tempo que nós temos para passar com os nossos filhos não é muito mas, podemos fazer com que este tempo seja um tempo de qualidade.

Quando for ao supermercado com o seu filho faça dessa altura um espaço de aprendizagem, de lazer e divertido, vá-lhe falando dos alimentos, dos espaços, para que servem, qual o seu nome, para além de estar a comunicar com o seu filho, a dar-lhe atenção ajuda-o a compreender o mundo que o rodeia, a aumentar o seu vocabulário, a pensar e também a tomar decisões, pois pode sempre pedir a sua opinião sobre uma compra ou outra.

Quando estiver a fazer o almoço ou o jantar peça-lhe ajuda, ele pode cortar os legumes com uma faquinha de plástico, sempre com supervisão e demonstrando-lhe os perigos e os cuidados que deve ter. Ele vai sentir-se útil, parte de um processo e ganha autonomia.

E, por último ponha sempre no prato do seu filho um pouco dos alimentos que ele diz não gostar, ele vai-se habituando a vê-los e mais tarde ou mais cedo acaba por experimentar e ver que afinal até gosta.

Ganhar autonomia, aprender, crescer e alimentar-se de forma saudável afinal depende de muito pouco.

Boas Visitas ao SUPERMERCADO!

Alimentação

Durante algumas semanas e com o objectivo de trabalhar o tema da alimentação saudável fizemos várias actividades na sala e outras em conjunto com os outros grupos do Jardim de Infância, de uma forma articulada.

Trabalhar a alimentação saudável parece um tema de fácil abordagem mas as crianças nem sempre aceitam que a alimentação seja variada e há sempre aqueles alimentos que por esta ou aquela razão não são do seu gosto.

Por isso começamos por visualizar um filme "O Que Escolhes Comer..." (patrocinado pelo McDonalds). Este filme aborda o tema de uma forma simples e de fácil compreensão para as crianças partindo de uma pergunta a que os personagens animados respondem. No filme é abordado os alimentos saudáveis, o que podemos comer todos os dias e o que devemos comer só de vez em quando, os diferentes grupos alimentares e no que eles ajudam o nosso corpo.





Depois de Ver o filme fizemos várias actividades em contexto de sala de aula.

Conversámos muito sobre os alimentos, quais nos fazem bem, e quais não nos fazem também, e aqueles que devemos mesmo evitar.

Vimos algumas imagens de alimentos e dividimos as imagens pelos diferentes grupos alimentares as proteínas, os cereais, as frutas e legumes, o leite e seus derivados, as gorduras e a água.

Desenhamos os conjuntos, recortamos alimentos do folhetos do supermercado, colamos, pintamos, etc...

Fomos ao supermercado mais próximo fazer uma visita de estudo, ver o supermercado com olhos de entendidos em alimentação e vimos a padaria por dentro - como se faz o pão. Esta visita foi a convite da mãe do Gabriel que trabalha na padaria.

Nesta visita aprendemos que o peixe se vende na peixaria, o pão na padaria, a carne no talho...






Para comemorar o dia da alimentação (16 de Outubro) fizemos uma salada de frutas. Trouxemos alguma fruta de casa e fomos nós que cortamos a fruta com facas de plástico. Ao fim da tarde fizemos um maravilhoso picnic no nosso recreio sentados na relva e não que a salda de fruta estava em ESPECTÁCULO!!!


sábado, 16 de outubro de 2010

Quadros e Mapas - Organização do Ambiente Educativo

A organização do ambiente educativo passa pela construção de mapas e quadros, de forma a que as crianças adquiram noções básicas relativas a vários domínios, criem rotinas e aceitem as regas sociais e de pertença a um grupo.


Este é o mapa de presenças: quando as crianças chegam ao Jardim de Infância todas elas marcam a sua presença. Aprendem a trabalhar: com um quadro de dupla entrada, a pertença a um grupo, quem está e quem falta, fazemos contagens, quantos meninos e quantas meninas, quantos meninos estão a mais que as meninas ou vice-versa, reconhecer o nome escrito, reconhecer os números, dias de semana e fim-de-semana, cada dia tem um número, os meses do ano, mais tarde vamos perceber que há meses com 30 e outros com 31 dias e até um que tem menos...

Canção do Bom Dia. Cantamos todos os dias, logo que estão todos os meninos sentados na almofada. Damos o bom-dia a todos e tratamos cada um pelo seu nome. Aprendemos: regras sociais e de boas maneiras, os dias da semana, o nome dos nossos colegas (muito importante nos primeiros dias em que nos conhecemos um pouco mal)...

Calendário. Todas a manhãs vimos o dia da semana, o dia do mês, qual o mês, o ano civil, a estação do ano, o tempo que faz e ainda podemos assinalar uma actividade especial e mesmo a temperatura. Aprendemos: a organizar o nosso pensamento, a adquirir noções temporais e sequêncializadas...

O quadro dos aniversários. Está dividido por idades, quando os meninos fazem anos passam o cartão com o seu nome para a divisória seguinte. Aprendemos: as nossas idades, quando fazemos anos acrescenta mais um, contagens, pertença/não pertença a um conjunto, noção de conjunto...

Quadro das áreas. Cada área está assinalada com um quadro deste tipo que a identifica. Nele estão assinalado o número máximo de meninos que lá podem brincar. Este número foi aferido em grande grupo após algumas semanas de brincadeira livre e sem limites. Aprendemos: respeitar as regras, construir regras de acordo com as necessidades, correspondência um a um, o algarismo escrito...



Mapa de nomes. Aqui guardamos o nosso nome escrito para pudermos identificar os nossos trabalhos (Cartão apenas com o nome, branco) e os cartões com que circulamos nas áreas (cartão amarelo com o nome e um desenho realizado por cada criança).
Aprendemos: a identificar o nosso nome, correspondência um a um, respeito pelas regras, autonomia...


Estamos com um mês de aulas e já fizemos muitas aquisições.

A História "O Menino Outono e a Tartaruga Bebé"

Andamos a falar sobre o Outono.
Tivemos a oferta da nossa tartaruga para a sala, é o nosso animal de estimação.
Fizemos em expressão plástica este boneco. Contornamos o corpo do Bruno numa folha grande de papel, com folhas secas fizemos o cabelo, o nariz e as sobrancelhas é de plasticina, a camisola e as calças foram feitas com pedacinhos de tecidos (com as cores de Outono) e 3 botões grandes para complementar, os sapatos com pedacinhos de lã cortada.


A nossa tartaruga foi realizada através de colagem de bolinhas de papel crepe que nós cortamos e amachucamos. O Márcio (menino com NEE integrado) também ajudou.
E depois resolvemos que estes dois personagens deviam ser amigos e inventamos uma bela história em grupo.

Aqui fica o texto integral da história:

“O Menino Outono e a Tartaruga Bebé”
Era uma vez um menino grande, que tinha o cabelo de folhas, boca vermelha, nariz rosa, olhos verdes e chamava-se Outono. Tinha vestido umas calças, uma camisa com botões pretos e sapatos de cobrinhas pretas e castanhas. Ela vivia numa casa na árvore de um jardim.
Era uma vez uma tartaruga verde com olhos amarelos. Ela chamava-se Bebé e vivia no lago do jardim.
Certo dia o menino Outono foi fazer um passeio ao pé do lago e encontrou a tartaruga.
- Olá, bom dia, queres brincar comigo? – perguntou o menino.
- Como te chamas? – perguntou a tartaruga.
- O meu nome é Outono – disse o menino.
- Eu chamo-me Bebé e quero ser tua amiga. – disse a tartaruga.
Foram brincar, juntos, à apanhada.
Brincaram muito e muito e muito. Depois no fim do dia cada um foi para sua casa. A tartaruga foi para o lago e o menino para a casa da árvore.
Mas ficaram amigos e felizes para sempre.

Vitória, vitória acabou-se a história… pós de perlimpimpim e a história chegou ao fim…

História criada pelos meninos da sala 3 em conjunto.
12-10-2010


Foi Muito divertido fazer este trabalho, todos nos envolvemos com muito empenho e, aqui está o resultado.

RATATUI - O Hamester da Fábia

Era segunda-feira o pai vinha trazer a Fábia e ela vinha com um sorriso nos lábios e os olhitos a brilhar. Traziam um saco grande com uma gaiola lá dentro... SURPRESA para os colegas (eu já sabia pois a mãe tinha falado comigo na sexta-feira anterior).
Depois de fazermos o bom-dia, preencher os quadros e falar um pouco sobre o fim de semana chegou o momento tão esperado para a Fábia... ia mostrar a surpresa aos amigos...
O que era?
Depressa tirou a gaiola do saco e todos ficaram a admirar o se hamester de estimação.


Claro que todos quiseram ver, mexer, observar, fazer perguntas e sei lá mais o quê..
A Fábia estava toda contente e com um ar muito importante e de muita sabedoria lá ia respondendo a todas as perguntas dos colegas.


Alguns meninos apesar da curiosidade, mostraram um pouquito de medo de mexer no RATATUI.
Mas todos gostaram imenso deste momento que se prolongou por um bom período da manhã, até ao intervalo.
E claro o RATATUI passou o dia connosco.


Aqui fica um pequeno filme deste tão agradável momento.




video

Aqui fica a história de mais uma manhã bem passada no Jardim de Infância.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

O nosso animal de estimação - uma Tartaruga

A Carolina hoje tinha uma surpresa para todos os amigos... Uma tartaruga....
Que grande!!
Alguns meninos tiveram medo de lhe mexer e de lhe pegar, mas todos acharam muito divertido vê-la a andar pela sala.
Tem uma carapaça muito dura e com manchas, a barriga e mais clara e tem tons de verde, tem quatro patas, uma cauda e uma cabeça pequena com dois olhos amarelos. Quando está com medo enfiasse dentro da carapaça e não gosta nada que a virem de pernas para o ar...
Arranjamos um aquário para a pôr, com pedrinhas verdes e amarelas e conchas da praia grandes, depois enchemos com água e parece que ela gostou da sua nova casa.
AH! É verdade demos-lhe o nome de "BEBÉ".

Beijocas, nós vamos dando noticias da nossa Bebé.

Dia Mundial da Música

O dia mundial da música comemorou-se na passada 6ª feira dia 1 de Outubro. A turma de segundo e terceiro ano com a professora Nélia ensaiaram uma canção e dança muito engraçada que nos vieram ensinar.

Aqui estamos nós muito atentos...

E aqui estamos a aprender os passos e a canção...
Agora podem ver o vídeo, a canção é simples, fácil de aprender e, com muita alegria.

video

Estamos bem divertidos não acham?

Hoje trouxe um Tesouro!!

O Tiago chegou ao Jardim de Infância com um brilhosinho nos olhos e uma caixa de ovos fechada nas mãos. Logo percebi que se tratava de uma surpresa para os colegas e perguntei:
- Trazes uma surpresa, o que tens aí escondido?
- É um tesouro, ontem no meu quintal fui à caça...
- À caça???
- Sim mas é surpresa... é para mostrar aos amigos!
Sempre com a caixa muito bem guardada, sentado na sua almofada, esperou que todos os amigos chegassem (com olhitos ansiosos) e esperando que todos se sentassem.

Chegou a hora e, sentado na cadeira de frente para os amigos disse:
-Tenho aqui um tesouro, quem adivinha o que é?
Todos ficaram espantados a olhar par ele e muitas coisas vieram à conversa... é ouro? são moedas? são bonecos?...
- Não - disse o Tiago - são lagartas que cacei no meu quintal...
Ficaram todos de boca aberta...

A caixinha de ovos com as lagartas passou de mão em mão... viram a sua cor, o seu tamanho, como eram constituídas e, fizeram muitas perguntas ao Tiago. Onde as encontrou, o que elas comem, se ele não tinha medo de lhes mexer...

Depois a conversa seguiu para outras lagartas que já tinham visto... bichos de seda, e outros bichos.
Falaram que as lagartas se transformam em borboletas depois de fazerem um casulo e, que são as borboletas que põem os ovos de onde nascem novas lagartas...

Partindo de um tesouro aprendemos muitas coisas e aprendemos a observar e questionar o que nos rodeia. Aprendemos a conhecer o mundo.